top of page

Cascavéis resgatadas nos cafezais são entregues no Instituto Butantan.


No mês de Maio de 2021 nosso Professor Beto Albuquerque, professor que atua em nossos hotéis como Educador Ambiental, junto com sua equipe, fizeram a entrega de 17 cobras no Instituto Butantan em São Paulo.



O Projeto Andarilhos Cobras do Bem atua junto aos produtores de café e munícipes das cidades no entorno aos nossos hotéis dando apoio com Educação Ambiental e Conservação de espécies de cobras locais, hoje o projeto cuida da conservação das principais espécies de cobras de importância médica da nossa região, Cascaveis e Jararacas, dando para elas a oportunidade de continuar sua vida fornecendo seu veneno para pesquisa de remédios e produção de soros antiofídico. Estas cobras são remanejadas de áreas que colocam em risco os produtores e munícipes para manter prevenção de acidentes com estes animais peçonhentos.




Atualmente estes animais não são bem vistos pela sociedade o que acarreta muitas vezes a morte dos animais. Culturalmente os produtores de café tem por hábito matar as cascavéis encontradas na lavoura, posteriormente quando algum trabalhador precisa de remédio ele não tem nos hospitais.

Este projeto surgiu em 2010 no Instituto Federal do Sul de Minas em Inconfidentes com a frente de Educação Ambiental para comunidade escolar, posteriormente para as cidades no entorno da instituição. Hoje com 11 anos de trabalho, o projeto concentra em seu nome em torno de 130 cobras entregues para o Instituto Butantan, demonstrando um trabalho efetivo vinculando Educação Ambiental e Conservação de espécies.



Em nossos hotéis o projeto atua na Educação Ambiental dos hóspedes, sendo chamado de WorkShop Cobras do Bem, onde promove a conscientização de centenas de pessoas de todo Brasil mensalmente. Como atividade secundária os colaboradores que atuam em contato com a natureza (monitores da recreação, trabalhadores da produção de café) passaram por treinamentos para prevenção de acidentes em encontros com esses animais.


Nossa produção de café especial também promove o manejo consciente das espécies de animais que possam aparecer no ambiente de produção, atendendo o quesito 3.5.1 de conservação da biodiversidade, que é uma das normas exigidas no Certifica Minas Café.




Os animais coletados e entregues no Instituto Butantan foram coletados no período de Fevereiro a Maio de 2021 resultado de conscientização e conservação local.





117 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments